Acúmulo de Ácaros e as Reações Alérgicas

Ácaro é o nome que representa cerca de 30 mil espécies de aracnídeos microscópicos, que podem ser causadores de diversas reações alérgicas.

Os ácaros em si são inofensivos para o ser humano, sendo os seus resíduos fecais que possuem um grande poder alergênico.

Os ácaros alimentam-se preferencialmente de partículas resultantes da descamação da pele humana e dos animais domésticos, fungos e outros produtos orgânicos.

Eles estão presentes de uma forma quase constante e universal nas nossas habitações, mas ainda que estejam presentes de forma aleatória em toda a casa, é nos locais onde existe maior concentração de detritos humanos que os ácaros atingem um número mais significativo, nomeadamente: colchões, almofadas, cobertores e cobertas de cama, alcatifas, sofás, tapetes ou cortinas espessas.

As condições ambientais que influenciam a presença de ácaros são a temperatura e a umidade. As temperaturas entre 20-30ºC e a alta umidade são os fatores ideias para a proliferação desse microrganismo que pode ser o causador de vários problemas de saúde.

O acúmulo de ácaros pode estar relacionado as reações alérgicas abaixo:

Rinite

Crises de espirros com muita coceira no nariz, obstrução das vias nasais, coriza e olhos lacrimejantes são os principais sintomas da rinite.

Esse quadro está muito associado aos ambientes com concentração de ácaros: estes pequenos aracnídeos e seus dejetos são muito leves e são transportados pelo vento, entrando em contato com as vias respiratórias.

Asma Alérgica

Uma crise de asma alérgica é desencadeada ao entrar em contato com um alérgeno: substância inofensiva para a maioria das pessoas, mas que provoca uma reação alérgica em indivíduos predispostos geneticamente.

Os ácaros são os principais agentes alérgenos causadores de asma. Os sintomas da asma alérgica incluem tosse, respiração ofegante e com chiado, podendo haver obstrução total das vias respiratórias se a crise não for controlada.

Dermatite Atópica

A dermatite atópica é desencadeada por agentes alérgenos ambientais. O quadro se origina de um estado de hipersensibilidade específica de alguns indivíduos contra ácaros, provocando uma reação patológica quando colonizam a pele.

As dermatites atópicas causam muita coceira, vermelhidão e erupções cutâneas.

Conjuntivite alérgica

A camada mucosa que reveste o olho externamente é a conjuntiva – que pode entrar em processo inflamatório ao ser exposta a ácaros. Quando os ácaros do ar entram em contato com a conjuntiva, ocorre grande irritação local a ponto de desencadear um processo inflamatório chamado conjuntivite.

O quadro provoca vermelhidão, coceira, inchaço nas pálpebras e sensação de queimação.

Confira algumas dicas para prevenir que esses microrganismos se proliferem na sua casa e prejudique você e sua família:

Sempre que possível, mantenha a casa arejada, isso ajuda a evitar a proliferação de ácaros e ainda deixa a casa mais iluminada.

Colchões e travesseiros, peças de pelúcia como brinquedos e até almofadas devem ser expostos ao sol. Esse aquecimento natural ajuda a acabar com as condições favoráveis para proliferação de ácaros.

  • Os estofados devem ser aspirados regularmente, tomando todo o cuidado para não espalhar a poeira.
  • A descamação natural da pele pode servir de alimento para os ácaros, por isso é tão importante trocar sempre roupas de cama.
  • Prefira limpar a casa com panos úmidos, e evite sempre vassouras e espanadores. Eles espalham os ácaros pelo ar.
  • Higienizar regularmente seu colchão e sofá diminui a proliferação desse microrganismo.

Por: Camila Schmidt – Bióloga

Entre em Contato Conosco

Ganhe 15% de desconto no seu primeiro serviço de higienização ou impermeabilização!

E-mail: falecom@limpazul.com.br

Telefone: (11) 4227-3347

WhatsApp: (11) 93281-1878

Horário de Atendimento:
Segunda a Sexta, das 09:00 às 23:00.